_Branding

Em ano de guerra ao fake, UOL é indicado ao Caboré de melhor conteúdo

Imagem: Divulgação

Equipe do UOL recebe gaiola do Caboré 2018; veículo foi indicado como melhor produtor de conteúdo

O UOL é um dos veículos indicados ao Caboré 2018, como melhor produtor de conteúdo do ano. O publisher concorre na categoria com a rádio CBN e o canal Fox. Com o tema “Não é para fakers”, o maior prêmio do mercado publicitário do país dá um claro recado ao ecossistema de publicidade: para ser bom, precisa ser verdadeiro. A premiação será no dia 4 de dezembro.

“É uma honra para o UOL ser mais uma vez indicado ao prêmio de melhor produtor de conteúdo. A gaiola do Caboré vem num momento especial para nós, um ano em que avançamos muito no reforço ao conteúdo de credibilidade e no combate às fake news, ações tão necessárias ao mercado de comunicação”, afirma André Vinícius, diretor executivo de publicidade do UOL, e vencedor do Caboré 2017 como profissional de veículo. Nesta semana, ele foi anunciado como finalista do prêmio Destaque Profissional de Comunicação 2018, da Associação Brasileira de Propaganda (ABP).

André ressalta todo o esforço que o UOL, como maior plataforma de conteúdo da internet brasileira, tem feito no sentido de confrontar a onda de notícias falsas e reagir à guerra de desinformação. Em janeiro, estreou o UOL Confere, serviço de fact checking — checagem de fatos — dentro de UOL Notícias. A página conta com uma equipe de repórteres especiais que vão a fundo na apuração. A ideia é não apenas desmentir as fake news, mas também contextualizar fatos, com dados, números, mostrando seus desdobramentos.

Para as eleições 2018, o UOL lançou o “Manifesto Contra o Achismo”. O objetivo é conscientizar a audiência de que opinião sem base leva a más escolhas. “No Achismo, incertezas viram argumentos. E só uma coisa é capaz de combatê-lo: informação”, diz o texto da campanha, que convida os eleitores a ficarem bem informados na página UOL Eleições 2018.

Aliado a isso, o UOL integra o Projeto Comprova, que reúne 24 organizações de mídia num esforço para desmentir boatos e notícias fraudulentas que viralizam no ambiente digital durante as eleições. “O UOL foi um dos primeiros veículos a assumir o compromisso de implementar o projeto no Brasil por entender que as notícias falsas e a desinformação representam risco real para a democracia”, diz Rodrigo Flores, diretor de Conteúdo do UOL.

Conteúdo de referência e conexão verdadeira

Outros projetos reforçam o compromisso do UOL com a produção de conteúdo de credibilidade. A criação da plataforma UOL VivaBem, no fim do ano passado, nasceu para fazer frente aos conteúdo duvidosos sobre saúde e bem-estar tão difundidos na rede. Faltava no mercado uma referência de informações confiáveis sobre o tema e ao mesmo tempo simples de entender. Com matérias, vídeos e entrevistas de credibilidade sobre cuidados do corpo e da mente, a plataforma acompanha o movimento pela vida saudável.

O UOL também tem renovado constantemente seu conteúdo, para se aproximar cada vez mais da realidade da audiência. A necessidade de conversar com a mulher contemporânea de forma mais verdadeira está no centro da proposta da Universa, plataforma de conteúdo feminino do UOL lançada em 8 de março deste ano. De conteúdo inovador, que questiona antigos padrões, a plataforma entende que “todo assunto é assunto de mulher”. O UOL tem uma audiência que alcança 44 milhões de mulheres por mês, entre 18 e 54 anos.

Histórias reais para marcas

O momento também é de valorização das histórias reais, na construção de narrativas para marcas. Por isso, o UOL Content_LAB — um dos tripés do UOL AD_LAB — acompanha a ascensão do branded content, oferecendo projetos de conteúdo de qualidade em ambiente premium. As marcas têm se conscientizado de que associar suas mensagens a contextos seguros aumenta a relevância da publicidade e a efetividade do investimento de mídia.

Desde 2015, o UOL Content_LAB trabalha aliado ao UOL Media_LAB e UOL Tech_LAB. “Além de sermos o maior publisher digital do país, somos também solução para gestão de mídia, uso de dados, desenvolvimento de tecnologia, branded content e eventos. E, principalmente, a gente pensa os projetos como plataformas que começam no digital e transbordam para onde fizer sentido”, afirma André Vinícius, que liderou a sinergia das equipes.


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Pedro Crastechini
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo