_Insights

5 comportamentos digitais relevantes ao mercado em 2021, segundo a Comscore

Imagem: Francisco Venancio/Unsplash

A população digital que já havia saltado em 2020, como efeito da pandemia, segue crescente. Segundo dados divulgados no relatório “Tendências e Comportamentos Digitais 2021”, da Comscore, o número de pessoas acima de 18 anos conectadas no Brasil chegou a 126,5 milhões no primeiro semestre deste ano, uma alta de 3% em seis meses. No fim do ano passado, eram 122,7 milhões.

Chama a atenção o acesso via mobile. O número de usuários cresceu em ritmo mais acelerado do que a população geral. No fim do primeiro semestre de 2021, a audiência mobile era de 112 milhões de usuários no total, contra 105 milhões no fim de 2020 (alta de 6%). O público que acessa a internet exclusivamente por mobile cresceu 8%, chegando a 77,9 milhões em seis meses.

Em apresentação do relatório nesta terça (14), Eduardo Carneiro, managing director da Comscore, apontou comportamentos de navegação da audiência que sinalizam tendências de consumo e comunicação no Brasil. Veja 5 movimentos:

1. Mais tempo no mobile

O tempo gasto no mobile cresce mais do que o número de usuários. De acordo com a Comscore, o brasileiro fica em média 3h23 por dia conectado na internet. Dentro desse tempo, os dispositivos mobile tiveram uma alta de 23% em um ano e meio, enquanto o acesso via desktop permaneceu constante. Olhando para o comportamento de navegação, o uso de aplicativos representam mais de 90% do tempo consumido em mobile. E 81% dos vídeos consumidos são no mobile

2. Alta do público 45+

Como efeito da pandemia, o público acima de 45 anos se lançou na internet. Segundo a Comscore, essa população digital aumentou seu consumo de internet em 30% em um ano. “A audiência mais madura foi a que mais cresceu neste período de um ano. Com isso, a gente quebra aquele paradigma de a internet ser uma coisa mais jovem, de molecada”, afirma Eduardo.

3. Entretenimento e games

Em um gráfico apresentado pela Comscore, que mostra uma relação entre tempo gasto e alcance de audiência, a categoria de Entretenimento se destaca como líder absoluta, por performar bem nos dois atributos. Em segundo, aparecem os Games. Isso reforça a relevância dos dois territórios para a comunicação das marcas, segundo a Comscore.

4. Carros, viagem e decoração

O comportamento do brasileiro na internet aponta para tendências de consumo, segundo a Comscore, que cruzou dados de audiência a uma série de pesquisas de mercado. Millennials demonstram maior interesse por turismo. São 37 milhões que pretendem viajar de avião nos próximos 12 meses. E o carro aparece como objeto de desejo geral: 19 milhões declaram pretensão de comprar um automóvel nos próximos 12 meses, sendo 9,7 milhões desejando o primeiro carro.

Além disso, pessoas que estão mais em casa investem na decoração do lar: 108 milhões declararam que a casa é o melhor lugar do mundo. “Mas fica a provocação para daqui a seis meses voltarmos nessa conversa. Como vai estar essa comparação considerando que o mundo está mudando, com abertura e eventos?”, diz Eduardo.

5. Novos modelos de e-commerce

Os sites de e-commerce representam 90,2% de alcance na categoria de varejo, chegando a 73 milhões de usuários da internet brasileira, segundo a Comscore. No ranking de tempo gasto, o aplicativo Shoppe aparece na liderança, seguido de Mercado Livre e Amazon. “Shopee é um fenômeno para a gente olhar. Tomou um espaço grande este ano e continua crescendo. É um modelo diferente. Até onde vai?”, observa Eduardo. Além disso, de acordo com o executivo, os rumos do e-commerce para o pós-pandemia deve mostrar novos sinais na Black Friday, com as pessoas voltando às ruas. “A gente veio de uma Black Friday praticamente 100% digital.”

Para mais insights de pesquisas, entre em contato pelo e-mail [email protected].


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Pedro Crastechini
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo