_Insights

Consumidor cansado: cresce perfil de quem foge cada vez mais do excesso

Imagem: Matthew Henry/Unsplash

Entre os perfis de comportamento de compra em ascensão, aparece no radar o consumidor cansado. No relatório “Consumidor do Futuro – 2022”, da WGSN, consultoria global de tendências, eles são chamados de “Estabilizadores”. São pessoas das gerações X e millennial, com poder de compra, que reagem ao excesso de estímulos buscando estabilidade.

Muita pressão por produtividade. Muitas decisões. Muito tempo online. Muita cobrança por aperfeiçoamento, bem-estar e até felicidade. E, claro, muitas opções e ofertas de produtos. “Pressionados pelo tempo e sobrecarregados, os estabilizadores se sentem desanimados com a abundância de produtos, tanto nas lojas físicas quanto nas plataformas on-line. Excesso desestimula conversões”, afirma o report.

Mas, se eles estão refratários a estímulos, como as marcas podem atuar? A WGSN aponta três estratégias para engajar o consumidor cansado:

1. Simplicidade importa

Simplifique as decisões para o consumidor. “Crie um ambiente de loja que facilite a experiência de compra e foque em embalagens com etiquetas diretas e concisas. Não os leve em uma jornada. Economize o tempo deles”, recomenda o relatório.

No Brasil, os consumidores adotam estratégias para economia de tempo nas compras, segundo a “Pesquisa Dia do Consumidor – 2022”, realizada pela área de pesquisa do UOL em parceria com a MindMiners. Entre os entrevistados, 73% disseram que escolhem lojas e produtos com antecedência para não perder tempo. Entre a audiência UOL, o índice é de 82%.

2. Comércio tranquilo

Crie ambientes físicos menos agitados e poluídos, que sejam mais clean e “zen”. “Muitos consumidores querem uma experiência tranquila mesmo nas compras do dia a dia. Instituições financeiras, supermercados e consultórios médicos devem investir nessa estratégia.”

Segundo o mapeamento, a busca por tranquilidade também cria mercados de consumo. “Pessoas do mundo todo estão buscando produtos que ofereçam alívio para as incertezas diárias. Prevista para ser relevante em 2022 e nos próximos anos, essa é uma categoria perfeita para o investimento a longo prazo.”

3. Canais unificados

O consumidor cansado não quer idas e vindas e se sentirá beneficiado por lojas capazes de reunir diversos sistemas de canais omnichannel de modo uniforme e conectado em todas as pontas. “O comércio unificado cria uma experiência de compra única e homogênea em todos os canais: na loja, on-line e nos dispositivos eletrônicos.”

Mas não só, os centros de compra que resolvem mais de uma necessidade de consumo num único lugar também saem em vantagem com esse perfil. Na “Pesquisa Dia do Consumidor – 2022”, 67% dos participantes planejam fazer todas as compras que precisam de uma única vez, para evitar sair várias vezes de casa (79% no UOL).

Para receber a Pesquisa Dia do Consumidor 2022, do UOL, entre em contato pelo e-mail [email protected].


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Julianne Rodrigues
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo