_Insights

Pesquisa no UOL: 85% dos respondentes querem comprar na Black Friday

Já não é de hoje que a Black Friday é tão esperada pelos consumidores, e eles já se preparam para a promoção que entrou de vez para o calendário das grandes datas do varejo no Brasil. Na Pesquisa Black Friday UOL AD_LAB, realizada entre o público do UOL, 85% dos respondentes disseram ter alguma intenção de comprar nesta Black Friday. E 94% costumam pesquisar os preços dos produtos que desejam antes do início da promoção. Ou, seja, é uma audiência ávida por informação sobre produtos e preços. A pesquisa foi realizada via OpinionBox, entre 27 de setembro a 10 de outubro, e alcançou 400 pessoas.

Entre os respondentes, mais da metade está interessada na compra de produtos da categoria Eletrônicos (54%), que lidera o ranking de intenção, seguida de Eletrodomésticos (45%) e Telefones/Celulares (44%). São as categorias que, segundo a última pesquisa de consumo online da Ebit, a Webshoppers 36, não costumam liderar o número de pedidos, mas geram o maior volume de faturamento nas compras online no país.

Quando a escolha do produto não é feita com antecedência pelo consumidor, o valor do abatimento tem papel definitivo na decisão de compra durante a Black Friday: 91% declararam que o percentual do desconto influencia na compra de um produto que antes não se tinha intenção de colocar no carrinho.

Outro dado interessante do perfil de compra do público do UOL é sobre o tipo de device usado nas compras. A pesquisa mostra que a audiência já incorporou o celular na sua jornada de consumo online: 58% disseram que realizarão as transações por smartphone, 56% por notebook ou desktop e 10% via tablet, lembrando que um mesmo respondente pode ter citado os três devices.

Para Ebit, vendas devem crescer até 20% este ano

Pedro Guasti, CEO da Ebit projeta uma alta expressiva nas vendas deste ano. “Acredito que deva ser entre 15% e 20% de alta no faturamento durante os quatro dias de maior intensidade de vendas da Black Friday.” No ano passado, a data vendeu R$ 2 bilhões em um dia só. A expectativa dos varejistas é um pouco mais otimista, de 25% nas vendas em relação ao ano passado. “Eu tenho uma grande expectativa para Black Friday. Eu vou apostar. Este ano vai vender R$ 2,5 bilhões em um dia”, afirma Fernando Ricci, secretário-executivo da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net). E isso tem feito as marcas se anteciparem para garantir visibilidade.


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Julianne Rodrigues
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo