_Insights

YouPIX Summit: Mercado de influência é pouco inclusivo e concentrado no Sudeste

Imagem: Reprodução/video

Duas pesquisas apresentadas no YouPIX Summit, evento dedicado ao mercado de influência realizado em São Paulo nesta terça-feira (13), mostram uma grande concentração de creators e de agências especializadas na Região Sudeste. Isso sinaliza, de acordo com a análise dos dados, uma baixa inclusão de pessoas na creator economy, embora a criação de conteúdo seja apontada como “uma ferramenta de transição social”.

A nossa pesquisa está refletindo um problema estrutural do país”, afirma Ana Paula Passarelli, CCO da agência Brunch, uma das coordenadoras da pesquisa “Creators e Negócios”. O levantamento, realizado anualmente pela Brunch em parceria com a YouPIX, mostra que 61% dos criadores de conteúdo entrevistados estão na Região Sudeste.

“A gente percebe no discurso dos creators que eles sentem que não se desenvolvem se não estiverem nas capitais. Ele sente que se não estiver em São Paulo, ou outras capitais, não cresce”, diz Ana Paula. E isso interfere na remuneração. “Quem não mora em São Paulo não se sente confortável em cobrar valor que acha que vale.”

Os próprios criadores de conteúdo enxergam a baixa inclusão no mercado: 60,5% dos creators que responderam à pesquisa não consideram o mercado de marketing de influência inclusivo.

A pesquisa mostra que 77,1% dos creators respondentes moram em capitais ou áreas urbanas, sendo 46,2% em São Paulo. A maioria é composta de pessoas brancas (63,1%) e mulheres (63,4%). A representatividade LGBTQIA+ chega a 34,1%.

O perfil dos entrevistados é variado em termos de tamanho da audiência, sendo que a fatia mais expressiva (32,5%) tem entre 10 mil e 50 mil seguidores. A maioria produz conteúdos diferentes para cada rede. E o formato mais repostado são os vídeos curtos: 42,3% usam o mesmo em todas as redes.

Pesquisa sobre short videos

Outro estudo apresentado no evento também aponta para a prevalência do Sudeste e a consequente baixa inclusão no mercado de influência. O levantamento “Por trás da trend: quem está fazendo o short video acontecer no Brasil”, realizado pela YouPIX em parceria com a Nice House, mostra que 73,7% das empresas entrevistadas estão concentradas no Sudeste, sendo 57,6% em São Paulo.

“A galera de marketing que usa short videos em campanhas está concentradíssima no Sudeste, especificamente no estado de São Paulo. É uma concentração que dá uma matada na diversidade”, disse Vanessa Spirandeo, gerente de marketing e content da YouPIX, durante a apresentação da pesquisa no evento.

Do ponto de vista dos criadores de short videos, o Sudeste também predomina (59,4%), mas com uma concentração menor que a das empresas. O Nordeste aparece em segundo lugar, com 20,7%. Na região, influenciadores como Whindersson Nunes, Carlinhos Maia e GKAY se destacam.

A emergência do Nordeste como segundo polo se explica pelo investimento de plataformas, segundo Mari Galindo, sócia e Creative Strategist da Nice House. “A gente que acompanha esse cenário de perto percebe que o Kwai tem investido muito nas regiões Norte e Nordeste. É uma plataforma recente no mercado brasileiro e a gente acredita que essas sementes que vêm sendo plantadas trarão frutos nos próximos anos.”


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Julianne Rodrigues
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo