_Networking

Andressa Martins, do Festival de Gramado: retomada tem olhar sensível à diversidade

Imagem: Divulgação

O Festival Mundial de Publicidade de Gramado retorna em 2022, após cinco anos de hiato, sob a liderança de uma mulher: Andressa Martins, especialista em marketing digital. Ela é sobrinha do fundador do evento, João Firme. No comando dela, o festival ressurge no formato híbrido – com atividades digitais e presenciais –, apontando para as principais tendências em experiências imersivas, conteúdos de marca e mercado de influência. Mas sempre com um olhar muito atento e sensível às questões de diversidade. O festival será realizado nos dias 24, 25 e 26 de agosto.

“A gente sempre veio por lideranças masculinas, por um patrono. E uma coisa que me assustava era que nunca houve uma liderança feminina no festival. Eu sou mulher, sou gay, já vivi preconceito dentro do evento. Não tinha muita voz, apesar de ter passado por cargos de liderança. A primeira coisa que fiz ao assumir a presidência foi trazer essa minha experiência para dizer o que eu não queria”, afirma Andressa, que participa dos bastidores do Festival de Gramado desde a sua adolescência.

Ela conta que no ultimo festival realizado presencialmente, antes da pandemia, já houve uma preocupação com diversidade, com maior presença de mulheres, negros e LGBTs. Mas, agora, a busca por essa representatividade é ativamente uma meta. “Colocar mulheres em evidência num mercado tão machista é uma longa caminhada. E é só o começo. A gente está fazendo uma construção, por isso é importante todo o mercado estar dentro do festival.”

O line-up do festival é recheado de nomes que estão movimentando discussões relevantes no mercado de publicidade, como Raquel Virgínia, da Nhaí!; Ary Nogueira e Felipe Silva, da GanaMaria Fernanda Albuquerque, da AlpargatasIan Black, da New Vegas. “Quando entrei, o primeiro movimento foi chamar uma curadoria, com o Luiz Gustavo Pacete (inovação), Leonardo Moura (branded content) e a MField (marketing de influência). A ideia era fazer os principais nomes para três trilhas temáticas”, diz Andressa.

Segundo ela, o festival será guiado por três eixos principais: marketing de influência, branded content e experiências imersivas. “Em todas elas, vamos falar muito de posicionamento das marcas, o que funciona dentro da publicidade. Porque hoje não é mais só fazer a venda. É introduzir a marca na vida das pessoas, com vários cenários interessantes.”

Neste retorno, o Festival de Gramado ainda não premiará os melhores trabalhos do ano. Os tradicionais galos de Gramado serão oferecidos a alguns homenageados. O coletivo Papel & Caneta — responsável pela mobilização pró-diversidade em Cannes — escolherá nomes de profissionais que estão fazendo a diferença no mercado de comunicação para receber o prêmio. “É um evento de retomada. É uma amostra do que vamos fazer em 2023, quando teremos o festival completo e as agências terão tempo para inscrever suas peças. Este ano, sendo um formato híbrido, estamos vindo num formato diferente”, diz a executiva.

As inscrições para participar do Festival Mundial de Publicidade de Gramado estão abertas, com opções de pacote digital, presencial e a modalidade de “degustação” gratuita.


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Julianne Rodrigues
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo