_Insights

Imagens na mídia sinalizam hábitos do pós-pandemia, diz report da Shutterstock 

Imagem: Shutterstock

As fotos, ilustrações e vídeos que habitam a publicidade e a mídia na reta final de 2021 sinalizam muito sobre hábitos que ficam e os que se modificam neste período de transição para o pós-pandemia. De acordo com o report “Creative Trends 2021” do terceiro trimestre, recém-divulgado pela Shutterstock, as imagens buscadas e baixadas no período mostram o interesse por um mundo que retoma atividades, mas não exatamente como antes.

“Tem sido um longo período de adaptação, mas vislumbramos um retorno à ‘normalidade’ após mais de um ano de reclusão. Os dados mostram pessoas prontas para sair e aproveitar a vida fora de casa novamente, com palavras-chave indicando uma tendência à reabertura”, afirma o documento.

A busca por imagens de atividades sociais e esportivas teve crescimento significativo, a exemplo das que mostram comida de boteco (alta de 988%), drinks (22%), estádio (18%) e piquenique com amigos (4%). Enquanto isso, taxas de clique sobem com fotos e vídeos de basquetebol (633%), academia (523%) e atletas (445%).

Ao mesmo tempo, o interesse por imagens de trabalho no formato híbrido, que cresceu 14.000%, sinaliza para mudanças que vêm para ficar. Fotos de produtos para decoração do home-office seguem com taxas de clique em crescimento, como cadeira (417%), estante de livros (300%).

Chama a atenção ainda a retomada de imagens relacionadas a cuidados com a beleza neste momento. “Vemos um crescimento significativo nas buscas relacionadas à aparência física”, diz o documento. Os números destacam o crescimento da procura por imagens de cabelo curto (859%), skincare (300%) e moda (300%). E a alta na taxa de clique para as que mostram óculos escuros (15%) e joias (12%).

Para oferecer insights criativos e dados preditivos, a Shutterstock adquiriu recentemente três plataformas de inteligência artificial: Pattern89, Datasine e Shotzr. Elas se integram hoje na Shutterstock.AI, nova plataforma que permite mergulhar nas tendências e no engajamento do público-alvo com a criatividade.

Ao mesmo tempo, faz pesquisas de mercado para compreender o pensamento criativo nas regiões onde a plataforma atua. No início do ano, o banco de imagens realizou uma pesquisa com 400 profissionais de marketing e de criação do mercado brasileiro, para saber sobre a importância de imagens de alta qualidade na publicidade. A constatação foi que, para 95% dos entrevistados, os elementos visuais de alta qualidade são importantes para a eficácia da campanha.

Por aqui, os elementos visuais são usados principalmente para promover produtos e serviços (27%), realizar compartilhamento social (23%) e influenciar a imagem/percepção da marca (17%). Para 29%, o estilo visual mais eficaz é o divertido, seguido do autêntico (23%) e do profissional (21%).

Em relação aos formatos, 30% acreditam que o vídeo é o tipo de conteúdo visual mais eficaz. Na produção das imagens, 26% dos entrevistados dizem que terceirizam o trabalho para agências ou freelancers. E 33% usam mão de obra mista (interna e terceirizada).


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Pedro Crastechini
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo